Erro na geração de ar comprimido

  • Compressor muito pequeno 

    • O ar comprimido não é suficiente, a pressão de pulverização cai.
    • Devido ao funcionamento contínuo do compressor, o ar comprimido é muito aquecido, de forma que a proporção de água condensada e de óleo aumenta.
    • Devido ao funcionamento contínuo em elevadas temperaturas, a durabilidade do compressor é reduzida

  • Compressor muito antigo
    • O compressor tem um grau de eficiência muito baixo e trabalha gerando altos custos.
    • O compressor consome muito óleo que pode atingir a rede de ar comprimido junto com produto de fricção.
    • A sucção de ar comprimido ocorre a partir de uma área úmida ou com poeira.
  • Elevada queda de água condensada 
    • A elevada queda de água condensada no ar comprimido reduz a durabilidade do filtro de ar comprimido.
    • Consequências no caso de filtragem insuficiente ou nenhuma filtragem:
      - Verkürzung der Druckluftgerätelebensdauer.
      - Lackierergebnis mit Staubeinschlüssen und Wasserblasen.

Mais informações para a correção da alimentação de ar comprimido podem ser encontradas nas melhores dicas para ar comprimido. 

 

Erro no condutor de ar comprimido e na instalação dos filtros

  • Recipiente de compensação muito pequeno 

    • A pressão falha ao conectar outros consumidores.

    • O ar comprimido é muito quente, aumentando em muito a queda de água condensada, o que não assegura mais o funcionamento nos separadores de água e de óleo.

  • Descarga de água condensada em falta ou insuficiente no recipiente de compensação do separador 

    • A água condensada separada é carregada como "água" no condutor de ar comprimido e causa depósitos e corrosão no condutor.
    • Os separadores de óleo e de água podem ser sobrecarregados devido à formação de depósitos de água. Em seguida, a água condensada chega até a rede de ar comprimido.
    • Devido às grandes quantidades de sujeira do condutor de ar comprimido, o funcionamento das descargas de água condensada automáticas e válvulas pode ser prejudicado.

  • O condutor de ar comprimido é muito pequeno na proporção Secção transversalindica o diâmetro interno de condutores ou mangueiras. Quanto mais comprido for o condutor, maior deverá ser a secção transversal para minimizar a perda de pressão e assegurar um volume de ar suficiente.X» para comprimento 

    • Perda de pressão leva a um elevado desperdício de energia.
    • Em caso de redução do ar comprimido, a pressão falha, o que pode levar a um resultado insatisfatório do envernizamento.

  • Os condutores de ar comprimido sem "caida por gravidade, pescoço de cisne" (ver imagem) e / ou descarga de água condensada instalada no final do condutor de pressão
    • A água condensada é arrastada para os condutores de absorção.
    • A água condensada permanece parada nos condutores e leva a depósitos e corrosão.
  • Filtragem e separação insuficientes
    • A água condensada e as partículas não filtradas reduzem a durabilidade dos equipamentos de ar comprimido e levam a obstruções por pó e bolhas de água no envernizamento.

Mais informações para a correção de falhas na alimentação de ar comprimido podem ser encontradas nas melhores dicas para ar comprimido. 


  
     
Erro ao ajustar a pistola

  • Kit de bicos inadequado ou danificado 

    • Para obter um resultado de envernizamento ideal, a escolha do kit de bicos deve depender do material de pulverização (ViscosidadeA viscosidade do material indica o tempo em segundos, que o material necessita para fluir completamente de um recipiente fabricado de acordo com as normas. Para o cálculo, existem diversos processos. As informações SATA referem-se sem exceção à medição com a caneca DIN 4. As tabelas de conversão da DuPont Parlin, Fisher, Ford, Zahn ou Sears Craftsman Cup podem ser encontradas diretamente no léxico.X», etc.).
    • Oríficios obstruídos ou danificados no bico de ar levam a formatos de pulverização insatisfatórios.

  • Um formato de pulverização desigual leva a um resultado de envernizamento insatisfatório com "escorrimentos". 

    • A pressão de pulverização está muito alta ou muito baixa.
    • O kit de bicos não foi ajustado pelo fabricante (na SATA, todos os kits de bicos são ajustados - tanto em pistolas completas quanto nas peças de reposição).

  • Formato de pulverização com uma grande proporção de névoa de pulverização 

    • O material é aplicado muito "seco" com uma continuidade deficiente.
    • Pulverização deficiente com pressão muito baixa e grandes marcas de pele de laranja.
    • ! Ajustar a pressão de pulverização ao valor ideal sempre com a pistola desconectada!

  • ViscosidadeA viscosidade do material indica o tempo em segundos, que o material necessita para fluir completamente de um recipiente fabricado de acordo com as normas. Para o cálculo, existem diversos processos. As informações SATA referem-se sem exceção à medição com a caneca DIN 4. As tabelas de conversão da DuPont Parlin, Fisher, Ford, Zahn ou Sears Craftsman Cup podem ser encontradas diretamente no léxico.X» de pulverização está ajustada incorretamente 

    • Pulverização insuficiente em caso de alta ViscosidadeA viscosidade do material indica o tempo em segundos, que o material necessita para fluir completamente de um recipiente fabricado de acordo com as normas. Para o cálculo, existem diversos processos. As informações SATA referem-se sem exceção à medição com a caneca DIN 4. As tabelas de conversão da DuPont Parlin, Fisher, Ford, Zahn ou Sears Craftsman Cup podem ser encontradas diretamente no léxico.X».
    • Formação de escorrimento em caso de baixa ViscosidadeA viscosidade do material indica o tempo em segundos, que o material necessita para fluir completamente de um recipiente fabricado de acordo com as normas. Para o cálculo, existem diversos processos. As informações SATA referem-se sem exceção à medição com a caneca DIN 4. As tabelas de conversão da DuPont Parlin, Fisher, Ford, Zahn ou Sears Craftsman Cup podem ser encontradas diretamente no léxico.X».

  • Distância de pulverização não é ideal 

    • Aplicação de material muito alta com distância de pulverização muito pequena causa "escorrimentos".
    • Retorno de névoa de tinta muito alto se a distância de pulverização for muito pequena.
    • Desintegração da pulverização e formato de pulverização muito espesso se a distância de pulverização for muito grande.
    • Perigo de formação de nuvens se for utilizado verniz metalizado e uma grande distância de pulverização.

  • Micrômetro de ar comprimido na pistola não está ajustado corretamente

    • Apesar da pressão de pulverização estar ajustada corretamente no regulador de ar comprimido, a pressão de pulverização no bico de ar não está correta! Com isso, existe grande risco de diferenças na tonalidade da tinta. -> No trabalho "normal", deixar o micrômetro de ar comprimido sempre completamente aberto. 

  • Regulagem de pulverização circular e larga não está ajustada corretamente

    • A largura de pulverização é muito grande ou muito pequena para uma velocidade de trabalho ideal.

  • Parafuso de regulagem da vazão de material enroscado

    • O fluxo de material para obter um resultado de envernizamento ideal é, possivelmente, muito baixo.